Agricultura Pecuária e Abastecimento

Projeto da barragem de São Felipe avança em Guaçuí

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Agricultura, dados topográficos mostram viabilidade do projeto

2.690

Por , fonte Assessoria de Comunicação/ Prefeitura de Guaçuí. Foto (PMG\Semag))
Publicado em 11/07/2017 às 14:20  •  atualizado há 11 horas

A Prefeitura de Guaçuí e a Secretaria de Estado da Agricultura (Seag) já praticamente bateram o martelo na definição da área em que será construída a barragem, no município, que faz parte do Programa Estadual de Construção de Barragens, do Governo do Estado. A equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, incluindo o secretário Edielson Rodrigues, acompanhada do topógrafo Raoni Izidoro e o biólogo e professor, João Batista, fizeram as medições da área localizada no Ribeirão de São Felipe, considerada a mais viável para a realização da obra.

O projeto é fruto de um termo de cooperação técnica entre o estado e o município para a contratação e elaboração do projeto da barragem, o que foi assinado durante a Exposul, que aconteceu em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 21 de junho. Antes de qualquer definição, também foram analisadas outras duas áreas, no distrito de São Miguel do Caparaó e no Córrego do Bonito, mas segundo o secretário Edielson Rodrigues, ficou praticamente definido que a construção acontecerá no Ribeirão São Filipe, onde também fica a captação da água que abastece a cidade de Guaçuí. “Está 99% definido que esta é a melhor área”, afirma o secretário. De acordo com Edielson, a escolha está sendo feita pensando nas futuras gerações. “É viver o presente, pensando no futuro de nossas gerações”, completa.

Segundo o biólogo e professor João Batista e o topógrafo Raoni Izidoro, depois de coletados os dados de campo, para a definição da cota de alagamento, visando que a água não atinja residências próximas à possível barragem, ficou concluído que a cota de alagamento terá que ficar em H=738,5 metros. Conforme eles explicam, isso implica em uma barragem com 2,25 metros de altura, acima do nível da água, no local da construção, o que resultaria num volume médio de armazenamento de aproximadamente 130 milhões de litros d’água. Contudo, a definição destes dados ainda depende de estudos futuros.

O levantamento dos dados demonstra que a elaboração do projeto para a construção da barragem em Guaçuí está avançada. Um projeto apontado como muito importante pela prefeita Vera Costa, lembrando que o município sofreu bastante com as conseqüências da crise hídrica, entre a metade de 2014 ao final de 2016. “Queremos aproveitar essa barragem para o desenvolvimento de nossa agricultura e para garantir o abastecimento da cidade”, destaca Vera.

No mês de maio, o município já havia recebido a visita do gerente de Sustentabilidade da Seag, Maurício Pogian, que esteve justamente na área do Ribeirão São Filipe, a primeira opção da administração municipal. “Foi a primeira área que veio à minha cabeça”, afirma Vera Costa, destacando que a nova adutora que já está abastecendo a cidade – em fase de teste, segundo o SAAE – está instalada no local. “A barragem em São Filipe vai ser muito boa para nossa reserva de água, por causa da nova adutora, além do lugar ser muito bonito”, completa, enfatizando que a barragem vai resultar num grande lago que pode se transformar em atrativo turístico.

 

Programa

O termo de cooperação técnica assinada pelo Governo do Estado e os municípios, no dia 21 de junho, prevê a contratação e elaboração de oito projetos de barragens em Guaçuí, Alegre, Castelo, Conceição do Castelo, Ibatiba, Irupi, Jerônimo Monteiro e Muqui. No termo, a Seag fica responsável pelo projeto e execução da obra, enquanto a prefeitura fica responsável pelo licenciamento e outorga, além da titularidade das terras. Serão investidos, somente nos projetos, R$ 1,4 milhão e outros R$ 20 a R$ 30 milhões na construção das barragens.

 

Informações para a imprensa
Superintendência de Imprensa Oficial
comunicacao@guacui.es.gov.br
www.guacui.es.gov.br
www.facebook.com.br/prefeituradeguacui
www.youtube.com/prefeituradeguacui
www.twitter.com/guacui_gov
(28) 3553-1387
(28) 99992-5504 (Marcos Freire)

 

Fotos

Projeto da barragem de São Felipe avança em Guaçuí

Segundo os levantamentos topográficos, o lago formado pela barragem, em São Felipe, deverá ter 130 milhões de litros de água.

https://guacui.es.gov.br/noticia/2017/07/projeto-da-barragem-de-sao-felipe-avanca-em-guacui.html

Publicações relacionadas

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024 Cooperação Financeira custear a aquisição Combustível óleo Diesel e Graxa lubrificante para equipamentos agrícolas. há 11 dias  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia PREFEITURA DE GUAÇUÍ REALIZA EVENTO SOBRE AGROPECUÁRIA COM PARCERIAS E ENTREGAS DE EQUIPAMENTOS Realizado na Pratinha de Santa Luzia, o encontro contou com uma série de palestras e apresentações técnicas voltadas para a melhoria das práticas agropecuárias no município. há 12 dias  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 13/2024 Cooperação Financeira custear a aquisição de 100 sacos de fertilizantes para a produção de café dos associados. há 16 dias  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 11/2024 Acordo de cooperação entre o município de Guaçuí – ES e a associação Agrícola São Miguel, para custear a aquisição de portões e básculas para o galpão onde é guardado o secador de café. há 1 mês  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia GUAÇUÍ CONQUISTA TROFÉU DE PRATA NO XII PRÊMIO SEBRAE PREFEITURA EMPREENDEDORA Guaçuí conquistou o segundo lugar, levando o troféu de prata na categoria de compras governamentais, com o projeto "Ticket Feira” durante o XII Prêmio SEBRAE Prefeitura Empreendedora. há 1 mês  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 10/2024 Acordo de cooperação entre o município de Guaçuí – ES, para custear despesas com aquisição de 20 m³ de substrato para produção de flores e folhagens de vaso. há 1 mês  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia PREFEITURA DE GUAÇUÍ FIRMA CONVÊNIO COM ASSOCIAÇÃO DE PEQUENOS PRODUTORES RURAIS E FAMILIARES MAIS SAÚDE  há 1 mês  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia SECRETARIA DE AGRICULTURA REALIZA RECUPERAÇÃO DE TRECHO CRÍTICO NA REGIÃO DE SÃO FELIPE  há 3 meses  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia ESTRADAS SEGURAS: SECRETARIA DE AGRICULTURA REALIZA RETIRADA DE VEGETAÇÃO PARA PREVENIR OBSTRUÇÕES  há 3 meses  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 14/2024

Noticia SECRETARIA DE AGRICULTURA REALIZA RECUPERAÇÃO DE TRECHO CRÍTICO NA REGIÃO DA CACHOEIRA ALTA  há 3 meses  •  Agricultura Pecuária e Abastecimento

Aguarde, enviando dados!

clear

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

aceitarpolítica de privacidade