Saúde

Com chuvas, Guaçuí intensifica prevenção da dengue

A Vigilância Ambiental está intensificando seus trabalhos de prevenção da dengue, principalmente, com combate ao Aedes aegypti

1.575

Por Comunicação Guaçuí , fonte Saúde Guaçuí
Publicado em 06/11/2018 às 16:44  •  atualizado há 1 dia

A Prefeitura de Guaçuí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e de seu setor de Vigilância Ambiental, intensificou seus trabalhos de prevenção da dengue, principalmente, com o combate ao mosquito Aedes aegypti. O objetivo é que o município melhore ou pelo menos mantenha os índices conseguidos até agora, sem registrar a presença do vetor nas armadilhas que servem para monitoramento espalhadas pelo município.

A gerente da Vigilância Ambiental, Tayaná Maria Alves Gonçalves, destaca que a equipe trabalha o ano inteiro no combate ao mosquito, realizando o tratamento de bueiros e fazendo a visita às residências e pontos estratégicos. Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde participa do Monitoramento Integrado M.I. Aedes, do Governo Federal, com a instalação de armadilhas MosquiTRAP. Estas armadilhas contêm um atraente sintético que serve para capturar fêmeas grávidas do Aedes aegypti e do Aedes Albopictus (o tigre aisático) que também é vetor da doença em países da Ásia e vem sendo estudado no Brasil.

Atualmente, conforme informa Tayaná Gonçalves, Guaçuí possui 34 armadilhas instaladas, em vários bairros e localidades, como os distritos de São Tiago e São Miguel do Caparaó. Além de facilitar e tornar mais eficaz as atividades de monitoramento do mosquito e proporcionar melhores condições para o trabalho do agente de campo, as armadilhas visam oferecer índices de infestação durante todo o ano, com a produção de resultados semanais que são apresentados em mapas georreferenciados e fornecer informações que servem para elaboração de ações preventivas de controle do mosquito transmissor de tantas doenças.

Se mosquitos da dengue são encontrados nas armadilhas, são tomadas providências imediatas. “A equipe percorre as armadilhas todas as segundas-feiras e, quando encontram alguma fêmea do Aedes, é feito um mutirão num raio de 250 metros em volta da armadilha, para a identificação de focos do mosquito, para não permitir a proliferação”, esclarece. “E se algum caso de doença é notificado, fazemos um bloqueio com a aplicação de produto em bomba costal”, completa. E independente de serem encontrados mosquitos ou não, os agentes de campo da Vigilância faz um trabalho de orientação dos moradores permanente em suas visitas.

É importante também lembrar que a limpeza dos terrenos baldios, sem construção, é de responsabilidade de seus proprietários

Contudo, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, até esta terça-feira as armadilhas instaladas em Guaçuí não haviam capturado fêmeas do Aedes aegypti. “Hoje (terça, 6), o pessoal está visitando as armadilhas, excepcionalmente, por causa da chuva de ontem (segunda, 5), e esperamos que o quadro permaneça sem a presença do vetor (mosquito)”, afirma. A equipe também faz o controle de pontos estratégicos que são propensos a acumular água, como ferros-velhos, borracharias e outros.

Ela coloca que a prevenção depende muito da população. “A população precisa se conscientizar e ficar atenta para evitar os focos do mosquito”, enfatiza. É importante também lembrar que a limpeza dos terrenos baldios, sem construção, é de responsabilidade de seus proprietários.  

Para o secretário municipal de Saúde, Márcio Clayton da Silva, o fato do município de Guaçuí não apresentar a presença dos vetores transmissores da dengue, zika e chikungunya é resultado do trabalho realizado pela equipe de Vigilância e também da conscientização da população. “Precisamos muito da colaboração da população, fazendo sua parte, para evitarmos o surgimento de focos do mosquito, principalmente com o início das chuvas, evitando o acúmulo de água e permitindo que o pessoal da Vigilância tenha acesso a suas residências para que façam o trabalho de prevenção”, destaca (veja abaixo como fazer sua parte e evitar os focos do mosquito).

Além do combate ao Aedes aegypti, a coordenadora da Vigilância Ambiental, Tayaná Gonçalves destaca que o setor também realiza ações de prevenção do mosquito borrachudo no distrito de São Pedro de Rates. “Fazemos a aplicação de lavircida biológico no ribeirão para combater o borrachudo”, conta. E assim que as chuvas cessarem um pouco, ela adianta que será utilizado o carro fumacê para o combate ao pernilongo.

Como evitar focos do mosquito

Informações para a imprensa
Superintendência de Imprensa Oficial

(28) 3553-1387

Marcos Freire

comunicacao@guacui.es.gov.br

www.guacui.es.gov.br

www.facebook.com.br/prefeituradeguacui

www.youtube.com/prefeituradeguacui

www.twitter.com/guacui_gov

Fotos

Com chuvas, Guaçuí intensifica prevenção da dengue

A equipe da Vigilância trabalha o ano inteiro no combate ao mosquito, realizando a visita às residências entre outras ações. (Arquivo Semsa)

https://guacui.es.gov.br/noticia/2018/11/com-chuvas-guacui-intensifica-prevencao-da-dengue.html

Publicações relacionadas

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024 COOPERAÇÃO FINANCEIRA PARA MANUTENÇÃO DO SERVIÇO DE ACOLHIMENTO INSTITUCIONAL PARA IDOSOS DESENVOLVIDO PELO LAR DOS IDOSOS FREDERICO OZANAM DE GUAÇUÍ há 1 dia  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia GUAÇUÍ DESTACA-SE NO DIA D DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA: APLICAÇÃO DE 1632 DOSES GARANTE 2º LUGAR NO RANKING ESTADUAL  há 1 mês  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia PREFEITURA DE GUAÇUÍ PROMOVE EVENTO EM COMEMORAÇÃO AO DIA MUNDIAL DE CONSCIENTIZAÇÃO AO AUTISMO  há 1 mês  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia PREFEITURA DE GUAÇUÍ DÁ INÍCIO À CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE  há 1 mês  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia SECRETARIA DE SAÚDE APRESENTA RELATÓRIO DO 3° QUADRIMESTRE E ANUAL DE 2023  há 2 meses  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia PREFEITURA REALIZA MUTIRÃO DE PREVENÇÃO E COMBATE À DENGUE EM GUAÇUÍ  há 2 meses  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia EDITAL SEMUS Nº 01-2024 PARA A CONCESSÃO DE USO DE CADEIRAS DE RODAS MOTORIZADAS A Prefeitura de Guaçuí torna público o Edital para a concessão de uso de cadeiras de rodas motorizadas feitas sob medida que serão doadas à portadores de deficiência com vulnerabilidade social há 2 meses  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia LISTA DE MEDICAMENTOS 2024  há 4 meses  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia SERVIDORES DA PREFEITURA REALIZAM MUTIRÃO CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE NOS BAIRROS E DISTRITOS DE GUAÇUÍ  há 4 meses  •  Saúde

JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 12/2024

Noticia SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA DIA D DA CAMPANHA DEZEMBRO VERMELHO  há 5 meses  •  Saúde

Aguarde, enviando dados!

clear

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

aceitarpolítica de privacidade