Assistência Social e Direitos Humanos

Profissionais da Assistência Social de Guaçuí na campanha Sinal Vermelho

Elas posaram para fotos que compõem um mosaico que chama atenção para a campanha lançada no 14º aniversário da Lei Maria da Penha

261

Por Comunicação Guaçuí, fonte Assistência Social Guaçuí
Publicado em 07/08/2020 às 15:21  •  atualizado há 12 horas

A Lei Maria da Penha (Lei 11.340) foi sancionada no dia 7 de agosto de 2006 e, nesta sexta-feira (7), completa 14 anos de sua existência como um marco no combate à violência contra a mulher. E, este ano, foi lançada a campanha Sinal Vermelho de Combate à Violência Doméstica, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), onde a mulher pode avisar que está sendo vítima de violência escrevendo um “X” na sua mão.

Abraçando a campanha, as profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Renda (Semasdh), sob coordenação do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. Essas fotos compõem um mosaico que forma o cartaz de divulgação da campanha Sinal Vermelho em Guaçuí.

A Lei Maria da Penha criou mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher. Dentre suas atribuições, destacam-se a proteção, em até 48 horas, e medidas protetivas de urgência. E mesmo com a Pandemia de Covid-19, o Creas de Guaçuí, conforme destaca sua coordenadora, Marcela Polido, não parou em nenhum momento. “Seguimos com o atendimento às mulheres em situação de violência, buscando sermos um suporte, e essa iniciativa de estarmos nas fotos serve para que elas saibam que não estão sozinhas”, afirma, chamando atenção para a lema da campanha: “Não sofra calada! Denuncie! Diga não à violência doméstica!”.

Reunião

Além disso, nesta quinta-feira (6), a equipe do Creas realizou uma reunião, no salão do Centro de Convivência da Terceira Idade que contou com a presença de profissionais e autoridades de setores que atuam na prevenção da violência doméstica. Atendendo as orientações de distanciamento social, devido à pandemia de Covid-19, a reunião teve como objetivo justamente falar sobre a campanha Sinal Vermelho, da CNJ, que teve a adesão do Creas, com o apoio da Drogaria Drogacenter, de Guaçuí.

O objetivo é possibilitar que mulheres em situação de violência doméstica encontrem ajuda no estabelecimento comercial. Para isto, basta que a mulher compareça à farmácia, com um “X” vermelho na mão, que pode ser feito com caneta ou até mesmo batom. Ao identificar o sinal, o atendente, com os dados necessários, tomará as providências.

Em concordância com as autoridades policiais presentes que apoiaram a efetivação da campanha, em Guaçuí, a mulher que se encontrar como vítima de violência, deve fazer a denúncia pelo 180. No caso da denúncia ser feita na farmácia, deverá ser acionado, a princípio, o Creas que irá fazer a averiguação, para que a equipe tome as providências cabíveis. Serão disponibilizados também outros postos de denúncia, como as unidades da Estratégia Saúde da Família (ESF), o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e a própria sede do Creas, ou pelo telefone (28)3553-1861.

Positivo

Toda a equipe do Creas de Guaçuí considerou positivo o resultado da reunião. “Realizamos a reunião com os segmentos presentes, para buscarmos a viabilidade do desenvolvimento da campanha no município e sugestões para que a atinja seu objetivo” enfatiza Marcela Polido. Ela coloca que as autoridades policiais destacaram que é importante combater a violência doméstica, mas que também é preciso cautela, para evitar qualquer abuso de autoridade e até mesmo proteger quem estiver fazendo a denúncia. 

Além da coordenadora Marcela Polido, também estavam presentes a assistente social Adriana Castilholi e a advogada Karlla Faria que foram responsáveis pela apresentação da campanha. Também estavam na reunião, a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Renda, Adriana Peixoto, a superintendente da Assistência Social, Tida Miranda, a coordenadora do Cras, Célia Francisquini, o delegado da Policia Civil, Marcos Luiz Nery Filho, os representantes da 2ª Companhia do 3º Batalhão da Polícia Militar, subtente Rezende e cabo Boeno, a coordenadora da Saúde da Mulher, a enfermeira Regiane Aparecida Ferreira, e o representante da Drogaria Drogacenter que foi identificada pela equipe técnica como cadastrada no site da Campanha Sinal Vermelho.

Informações para a imprensa

Superintendência de Imprensa Oficial

(28) 3553-1387

Marcos Freire

comunicacao@guacui.es.gov.br

www.guacui.es.gov.br

www.facebook.com.br/prefeituradeguacui

www.youtube.com/prefeituradeguacui

www.twitter.com/guacui_gov

Fotos

Profissionais da Assistência Social de Guaçuí na campanha Sinal Vermelho

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

 

 

 

 

 

 

 

https://w3go.me/cblTG

Publicações relacionadas

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Profissionais da Assistência Social de Guaçuí na campanha Sinal Vermelho Elas posaram para fotos que compõem um mosaico que chama atenção para a campanha lançada no 14º aniversário da Lei Maria da Penha há 3 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia JUSTIFICATIVA DE DISPENSA DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 007/2020 TERMO DE FOMENTO ENTRE O MUNICÍPIO DE GUAÇUÍ – ES, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, DIREITOS HUMANOS, TRABALHO E RENDA E A APAE DE GUAÇUÍ há 3 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Assinado Termo de Adesão de Guaçuí ao Projeto Compra Direta de Alimentos Assim como aconteceu na implantação do CDA, em Guaçuí, em 2018 e 2019, o município foi selecionado, mais uma vez, por meio de edital de seleção, da Setades há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Equipe da Terceira Idade de Guaçuí leva atividades até membros do grupo Utilizando vídeos e até com serenatas, a equipe tem feito as atividades chegarem até os membros do grupo Alegria de Viver há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia JUSTIFICATIVA DE DISPENSA DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 005/2020 TERMO DE FOMENTO ENTRE O MUNICÍPIO DE GUAÇUÍ – ES E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE DE GUAÇUÍ, há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí recebe projeto da Ufes que distribui cestas básicas e kits de higiene O projeto foi acompanhado por profissionais do Cras e visa promover campanhas de doação prevenção ao Coronavírus na região do Caparaó há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Até junho, Nossocrédito já negociou mais de R$ 900 mil em Guaçuí Este total já ultrapassou o valor financiado em todo o ano de 2018, que chegou a R$ 890.348,82, e está bem próximo do total de 2019 há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia EXTRATO DO TERMO DE FOMENTO Nº 003/2020 - ABDM O presente Termo de Fomento tem por objeto a cooperação técnica e financeira para custear despesas necessárias para o desenvolvimento da instituição há 4 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia JUSTIFICATIVA DE INEXIGIBILIDADE DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 003/2020 TERMO DE FOMENTO ENTRE O MUNICÍPIO DE GUAÇUÍ – ES, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, DIREITOS HUMANOS, TRABALHO E RENDA E A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DIAS MELHORES – ABDM há 5 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

As profissionais da Semasdh, sob coordenação do Creas, posaram para fotos vestidas de preto e com o “X” escrito nas palmas das mãos. (Comunicação Guaçuí)

Noticia Junho Violeta alerta para o combate à violência contra as pessoas idosas O dia 15 de junho marca o trabalho de conscientização sobre a violência contra os idosos e convoca a população a denunciar há 5 meses  •  Assistência Social e Direitos Humanos

Aguarde, enviando dados!

clear