Assistência social e direitos humanos

Mulheres de sucesso debateram seus desafios e conquistas em Guaçuí

O Creas de Guaçuí realizou eventos que levantaram questões sobre a trajetória da mulher nos dias de hoje, diante da violência que aumenta

star661

Por Comunicação Guaçuí , fonte Assistência Social Guaçuí
Publicado em 14/03/2019 as 12:37  •  atualizado

O momento foi das mulheres para debaterem seus desafios e conquistas. Este foi o principal objetivo do evento “Mulheres de Sucesso”, realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Guaçuí, nesta quarta-feira (13), com duas ações, uma na parte da tarde e outra à noite. Das 13 às 16 horas, aconteceu a Feira de Empreendedoras “Mulheres de Sucesso”, na Praça João Acacinho. E à noite, às 19 horas, na Câmara Municipal de Guaçuí, foi a vez da mesa redonda que debateu justamente os desafios e conquistas das mulheres para ocupar seu espaço, com a presença de mulheres que se destacam em seus segmentos na sociedade.

Na abertura da mesa redonda, na Câmara, a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Josilda Amorim, falou sobre a necessidade do empenho de toda sociedade para combater as violações dos direitos das mulheres. “Precisamos nos unir e nos ajudar, principalmente, nesta onda de feminicídios que acontecem no País, buscando soluções para, pelo menos, amenizarmos o sofrimento de tantas mulheres”, afirmou. “De parte de nossa Secretaria, a equipe vai se empenhar com ações, programas e projetos, como temos feito até hoje”, completou. Ela também justificou a ausência da prefeita Vera Costa que teve uma agenda de última hora, com uma comitiva da Dnit que está atuando na solução para a ponte do Aésio, na BR482, que está interditada e tem provocado problemas para bairros da cidade, devido ao tráfego que foi desviado.

Além da secretária, também formaram a mesa principal dos debates, a coordenadora do Creas de Guaçuí, Roberta de Paula, a professora da Ufes, Adriana Madeira, a assessora de promotoria de Justiça de Guaçuí, Domitila Moraes Sana, a cabo bombeiro, Melina Soares, a soldado PM, Analu Araújo Rezende Vargas, a superintendente de Programas Sociais da Semasdh, Adriana Peixoto Gonçalves, e o chefe do escritório do Sebrae ES de Guaçui, Renato Machado, que falou sobre oportunidades que podem ser oferecidas às mulheres empreendedoras pelo órgão de apoio às pequenas e micro empresas no Estado. “As mulheres têm se destacado, cada vez mais, como empreendedoras e convoco a todas a procurarem o Sebrae, porque estamos lá para servir, com a orientação adequada”, enfatizou.

Também estavam presentes o presidente da Câmara Municipal, vereador Laudinho Neto, e o vereador Paulinho do Vitalino. Laudinho ressaltou a importância do evento e falou sobre a uma maior participação das mulheres na política. “Vivemos momentos, hoje em dia, que nos deixam indignados e acho que as mulheres devem buscar participar mais da política, serem representantes do povo no Legislativo, Executivo, e aqui na Câmara, hoje, só temos uma vereadora e isso poderia ser diferente”, disse o presidente da Câmara.

Todas as mulheres que compuseram a mesa se apresentaram e falaram sobre suas trajetórias para chegarem até as posições que ocupam agora. Mas, antes, a coordenadora do Creas, Roberta de Paula, que também se apresentou, falou sobre a importância do empoderamento feminino, onde a sociedade respeite e acredite no trabalho realizado pelas mulheres que, por sua vez, precisam acreditar em si mesmas e no seu futuro. “A mulher precisa ter o poder de escolher, porque o verdadeiro poder está na escolha da vida que ela quer seguir e na ação de mudar o mundo ao seu redor”, disse.

Já a superintendente da Semasdh, Adriana Peixoto, apresentou dados para o debate com números da violência contra a mulher no País. Segundo os números apresentados sobre 2018, 42% dos casos aconteceram dentro de casa e 55%, entre sexta-feira e domingo. “E nos primeiros 20 dias de 2019, foram registrados 107 casos de feminicídios, lembrando que muitas mulheres não registram as agressões”, destacou. Por outro lado, a promotora Domitila Sana falou dos dados no Estado do Espírito Santo. “Apesar da falta de registros por parte de algumas mulheres, só em 2019, foram 12 casos de feminicídio, enquanto tivemos 99, em 2016, outros 128, em 2017, e 92 em 2018”, destacou.

Ao falar sobre sua trajetória, a professora da Ufes, Adriana Madeira, contou que tem visto cada vez mais mulheres do que homens nas universidades e disse que é fundamental que o ensino superior seja público. “Universidade tem que ser pública para que não só as mulheres com menos renda, mas todos possam seguir em frente com suas vidas, sem medo, porque a questão emocional é um grande desafio da humanidade, não só das mulheres”, afirmou, citando um estudo da Ufes sobre o sofrimento humano, no qual está sendo comprovado que as pessoas que sofrem com a fome e todos os tipos de violência têm isso gravado no DNA, o que é transmitido para os filhos. “Então, podemos afirmar que o amor e o respeito a outro ser humano seja o mais importante a ser alcançado e acredito que mudar o mundo depende muito da mulher”, complementou.

Informações para a imprensa
Superintendência de Imprensa Oficial

(28) 3553-1387

(28) 99992-5504 - Marcos Freire

comunicacao@guacui.es.gov.br

www.guacui.es.gov.br

www.facebook.com.br/prefeituradeguacui

www.youtube.com/prefeituradeguacui

www.twitter.com/guacui_gov

Fotos

Mulheres de sucesso debateram seus desafios e conquistas em Guaçuí

Na Câmara Municipal, aconteceu a mesa redonda que debateu os desafios e conquistas das mulheres para ocupar seu espaço. (Divulgação PMG)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

https://guacui.es.gov.br/noticia/2019/03/mulheres-de-sucesso-debateram-seus-desafios-e-conquistas-em-guacui.html

Publicações relacionadas

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Inscrições abertas para casamento comunitário em Guaçuí A iniciativa faz parte da Ação Cidadã que vai ser promovia pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos, Trabalho e Renda há 3 dias  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Nova prova do Conselho Tutelar neste domingo para completar vagas Somente sete candidatos foram aprovados e são necessários, no mínimo, 10 aprovados para que seja dado seguimento ao processo há 15 dias  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia AABB Comunidade realiza Dia da Cultura em Guaçuí Evento foi realizado na noite desta quinta-feira (29) e apresentou expressões da cultura do Estado do Espírito Santo há 20 dias  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Creas de Guaçuí inicia campanha “Não engula o choro” nesta segunda A ação vai ser realizada em escolas do município, começando nesta segunda-feira (26), pela Escola Municipal Isaura Marques da Silva (Caic) há 27 dias  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Prova escrita para o Conselho Tutelar de Guaçuí acontece neste domingo Prova eliminatória é a primeira fase para a escolha dos novos membros do Conselho e será realizada das 13 às 17 horas, no auditório do Ministério Público há 29 dias  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Reunião passa informações a beneficiários do BPC/Loas em Guaçuí A reunião aconteceu no Cras de Guaçuí e passou informações sobre pré-requisitos para ter direito ao benefício e orientações para a inscrição no CadÚnico há 1 mês  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Realizada a XII Conferência Municipal de Assistência Social de Guaçuí O evento aconteceu no Centro de Convivência da 3ª Idade e abordou o tema “Assistência Social: direito do povo, com financiamento público e participação social” há 1 mês  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Creas de Guaçuí inicia projeto para aproximar serviços da comunidade O projeto Creas na Comunidade conta com a parceria do Cras, Conselho Tutelar e Polícia Militar e será estendido a todos os bairros da cidade há 1 mês  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Realizada 6ª entrega de alimentos do programa da CDA Foi realizada pela Prefeitura de Guaçuí, a 6ª entrega do programa Compra Direta de Alimentos (CDA), em parceria com o Incaper há 3 meses  •  Assistência social e direitos humanos

Os interessados em participar do casamento comunitário podem comparecer ao Cras do município, a partir desta segunda-feira (16) até o dia 27. (Divulgação)

Noticia Campanha arrecada cobertores, roupas e agasalhos em Guaçuí Evento aconteceu na noite de sexta-feira (7), quando foram arrecadados, até esta segunda, 90 cobertores. Doações ainda podem ser feitas para aumentar este número há 3 meses  •  Assistência social e direitos humanos

Aguarde, enviando dados!

clear