Prefeitura

Segundo dia da I Semana Antidrogas

30

Por Prefeitura Municipal de Guaçui, fonte Assessoria de comunicação da prefeitura de Guaçuí
Publicado em 22/05/2017 às 20:50  •  atualizado há 1 mês

Título Original:  Noite de muitas informações no segundo dia da I Semana Antidrogas
 
A “I Semana Antidrogas” trouxe muita informação para os participantes na noite da terça-feira (21). Durante o evento, além da rodada de palestras e depoimentos de ex-dependentes químicos, foram exibidos vídeos com imagens fortes, chamando a atenção para o risco do consumo de drogas. O teatro municipal “Fernando Torres” recebeu grande público, com participantes que ficaram até mesmo de pé.
Estiveram presentes o vice-prefeito de Guaçuí, Marcos Antônio Viana; o presidente da Câmara Municipal, Carlos Lomeu; o vereador Thayro Zini; os secretários municipais da Saúde, Edielson de Souza Rodrigues, e da Educação, Maria do Rosário Araújo Carvalho Mendonça; o sargento chefe da instrução do Tiro de Guerra 01-013 de Guaçuí, Jefferson Dias de Castro Junior; equipes do Centro de Atenção Psicossocial (Caps I) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas); servidores municipais; alunos da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Alegre (Fafia); da rede municipal de ensino e de escolas do Município de Divino de São Lourenço; além de pessoas da comunidade.
 
Iniciando a rodada de palestras, a psicóloga do Caps de Guaçuí, Marcela Figueiredo Azevedo, abordou o tema “Codependência (Relação familiar) do Álcool e Outras Drogas”. Marcela explicou que o codependente esquece da sua vida para viver a de outra, tem dificuldade para aceitar seu estado e reluta em aceitar ajuda. A codependência atrapalha muito o trabalho de recuperação e afeta toda a família. “Quando o dependente aceita sua condição, torna o tratamento mais fácil”, afirmou Marcela.
A professora da rede municipal de ensino, Neide Mendes dos Santos, também palestrou, falou sobre o tema “Drogas: um caminho com volta”. Segundo ela, em muitos casos o dependente é rejeitado pela sociedade e pela família, assim, ele recorre ao grupo (de dependentes) que o aceita. Porém, cabe a família e a sociedade acolher esse indivíduo e trazê-lo para perto. “Existe recuperação (para o dependente) sim, basta que ele se encontre, encontre um grupo. O dependente precisa ter um encantamento, motivação, coisas novas para fazer”, disse a professora.
 
O papel da Polícia Civil é reprimir o tráfico
Uma das palestras que chamou a atenção do público presente foi sobre os “Aspectos Comportamentais do uso do Álcool e Outras Drogas”, apresentada pelo delegado da Polícia Civil do Espírito Santo (PC-ES) e titular da Delegacia de Polícia (DP) de Guaçuí, Fabio Teixeira Machado. Delegado há 3 anos e Policial Civil há 13.
De acordo com o delegado, uma pesquisa feita por uma policial que trabalha no Departamento Médico Legal (DML) da Grande Vitória, mostrou que cerca de 80% das vitimas de homicídios que dão entrada no DML apresentavam algum tipo de droga no organismo. Para o delegado, num trânsito violento que deixa muitos mortos, os crimes provocados nos acidentes matam principalmente por uso de álcool pelos condutores.
 
Fábio afirma que o problema das drogas está afetando todo o Estado e que o Crack tem avançado rapidamente por várias cidades. “A maioria dos crimes são provocados por uso e distribuição de drogas. Na delegacia de Guaçuí, a maioria dos detidos tem envolvimento com drogas como álcool e Crack”, disse o delegado. Ações policiais com prisões estão sendo efetuadas. “Fizemos quatro grandes operações em Guaçuí no ano de 2010, prendemos 60 traficantes e apreendemos grande volume de drogas”, afirmou o titular da DP de Guaçuí.
De acordo com o delegado, quando se fala em drogas, a PC-ES trabalha com repressão. “Nosso papel na prevenção é reprimir o tráfico de drogas ilícitas”, disse. Para Fábio, só a repressão não é suficiente para a solução do problema das drogas. “É preciso a união dos esforços da sociedade e de órgãos do governo para minimizar os danos”, concluiu. O delegado, ainda, colocou a DP de Guaçuí a disposição através dos números 147, 181, 197 e (28) 3553-1519.
 
Mais palestras
A psicóloga do Caps de Alegre, Rosane Maria Souza dos Santos, foi outra que palestrou no evento, com o tema “Aspectos Biopsicossociais no uso e Abuso de Álcool e Outras Drogas”. Segundo ela, a droga age de forma diferente nos diferentes organismos. Em alguns pode causar depressão, já em outros pode causar euforia.
Finalizando a noite de palestras, a enfermeira e coordenadora do Caps de Guaçuí, Otávia Cardoso Ferreira, falou sobre o “Caps como Apoio ao Tratamento de Álcool e Outras Drogas”. Otávia explicou que o Caps atua atendendo transtornos mentais severos e, também, aos dependentes químicos. “Atuamos com oficinas de geração de renda para ressocializar o dependente. Atendemos também a família, que quando esta unida torna a recuperação do usuário mais fácil”, disse Otávia.
 
Momentos marcantes
Um dos momentos que marcaram o evento foi o depoimento do jovem L., que passou por recuperação na Fazenda “Essência de Vida”, em Joinville – SC. L. fez um relato sobre seu período de dependente químico. O jovem começou a fumar maconha aos 12 anos, passou por cocaína e chegou ao Crack. “Fumava tudo o que eu tinha, vendi a roupa do corpo e até um celular novo. Em uma noite fumei entre R$ 800 e R$900”, afirmou L.
Outro momento que marcou foi a apresentação ao público do jovem L. M., que retornou do Município de Marataízes – ES, onde ficou por 9 meses, em recuperação, no projeto “Resgatando Vidas”. Lá os dependentes, trabalham e aprendem a se recuperar sob disciplina. L. M., 21 anos, usou álcool, maconha e chegou ao crack. “Passei muitas madrugadas chegando em casa drogado, eu estava matando minha mãe pouco a pouco”, disse L. M.
 
Políticas públicas
Finalizando o evento, o secretário municipal da Saúde, Edielson de Souza Rodrigues, parabenizou o trabalho do Caps e reafirmou o compromisso da sua secretaria para combater as drogas. “Esse evento é um pontapé inicial para um grande trabalho de políticas públicas de combate às drogas”, afirmou o secretário.
 
Texto e Fotos: ASSESSORIA DE IMPRENSA OFICIAL
 
 
Informações Adicionais
Secretaria Municipal de Saúde
(28) 3553-1336
 
Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Guaçuí
 (28) 3553-3344

 

 

Fotos

Segundo dia da I Semana Antidrogas

https://guacui.es.gov.br/noticia/2017/05/segundo-dia-da-i-semana-antidrogas-bbhbr.html

Publicações relacionadas

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Prefeito de Guaçuí decreta luto oficial pelo falecimento de José Avematias de Oliveira O luto oficial será de três dias em memória ao servidor municipal. há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí permanece em risco baixo no 65º Mapa de Risco. Confira as medidas de prevenção: Confira as medidas da classificação que é válida até domingo (1). há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Prefeito reúne secretariado para avaliação e planejamento de ações A reunião de secretariado aconteceu na manhã desta segunda-feira (19), no gabinete do prefeito. há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí permanece em risco baixo no 64º Mapa de Risco, mas não podemos descuidar. Confira as medidas de prevenção: Confira as medidas da classificação que é válida até domingo (25). há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí passa para risco baixo no 62º Mapa de Risco. Confira as medidas de prevenção: Confira as medidas da classificação que é válida até domingo (11). há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Turma do Tiro de Guerra 01-013 participa de palestra sobre Proteção e Defesa Civil A palestra foi ministrada pelo coordenador da Defesa Civil, José Carlos de Aguiar Neto. há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí recebe representantes da Superintendência do Patrimônio da União no Espírito Santo (SPU/ES) para visita técnica A SPU/ES apresentou diversos projetos da União que tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da cidade. há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Mais uma semana de risco moderado em Guaçuí. Confira as medidas de prevenção: Confira as medidas da classificação que é válida a partir de hoje (21) e vai até domingo (27). há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Guaçuí permanece em risco moderado no 59º Mapa de Risco Covid-19. Confira as medidas de prevenção: Confira as medidas da classificação que é válida a partir de hoje (14) e vai até domingo (20). há 2 meses  •  Prefeitura

(Comunicação Guaçuí)

Noticia Prefeito de Guaçuí decreta luto oficial pelo falecimento de Valdir Ribeiro (Agora é Nós). O luto oficial será de três dias em memória ao servidor municipal. há 2 meses  •  Prefeitura

Aguarde, enviando dados!

clear

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

aceitarpolítica de privacidade