Prefeitura

Obra da Unidade Frigorífica Regional Sul será retomada neste ano

22

Por Prefeitura Municipal de Guaçui, fonte Assessoria de comunicação da prefeitura de Guaçuí
Publicado em 22/05/2017 às 20:43  •  atualizado há 3 meses

O anúncio foi feito durante reunião que contou com a presença de pecuaristas e representantes do Conselho do Fundo de Desenvolvimento Municipal de Guaçuí
 
Texto: Superintendência de Imprensa Oficial/ Ana Paula Fassarella
Foto: Divulgação PMG/ Jackson Vimercati
 
Uma obra há muitos anos aguardada principalmente por produtores rurais de Guaçuí e região do Caparaó Capixaba, a Unidade Frigorífica Regional Sul, está prestes a ser licitada, para que o trabalho de construção, iniciado há mais de 12 anos, seja finalmente concluído. O anúncio foi feito durante reunião, realizada na manhã desta sexta-feira (13), no gabinete da prefeita Vera Costa.
 
O encontro contou com a presença do vice-prefeito, Miguel Riva; dos secretários municipais de Agricultura, Ivan Viana, e de Planejamento, Josélia da Silva; de representantes dos pecuaristas do município e do Conselho de Fiscalização e Acompanhamento do Fundo de Desenvolvimento Municipal de Guaçuí.
 
A prefeita destacou que o intuito da reunião foi mostrar que a prefeitura não está alheia à necessidade de finalizar o matadouro e colocá-lo em operação. “A conclusão dessa obra, há tanto tempo emperrada e tão aguardada, é compromisso de nossa administração. Embora o abatedouro seja interesse para toda a região, pois também trará benefícios às cidades do entorno, vamos finalizar a construção com recurso do município, repassado pelo governo do estado, por meio do Fundo Cidades para Apoio ao Desenvolvimento Municipal porque não vejo a hora de termos a unidade concluída e em plena atividade”, frisou Vera Costa.
 
Ela lembrou ainda que o frigorífico regional é estratégico para e economia. “A unidade vai gerar emprego e renda, fortalecer as atividades no campo, facilitar a vida dos produtores rurais, reduzir custos com o transporte e abate dos animais, além de dinamizar a economia e ampliar a arrecadação, e esse recurso vai permitir investirmos ainda mais no desenvolvimento de Guaçuí. Sem contar que nos tornaremos referência para toda a região do entorno quanto ao abate de suínos e bovinos”, avaliou a prefeita.
 
Durante a reunião, a secretária municipal de Planejamento, Josélia da Silva, explicou que a previsão é de que na próxima semana tenha início a divulgação, no Diário Oficial do estado, da abertura do processo de licitação. “Essa publicação precisa ser feita durante 15 dias corridos, conforme determina a legislação. Portanto, a previsão é de que a licitação ocorra em julho. De acordo com o cronograma de engenharia, depois de definida a empresa que executará a obra e de assinada ordem de serviço, a construtora terá dez meses para concluir o trabalho”.
 
O recurso que será destinado à conclusão da unidade frigorífica já está reservado: R$ 889.175,34. “Mas a tendência é que esse valor seja menor, devido à concorrência das empresas por meio da licitação”, disse a secretária municipal de Planejamento. Os equipamentos necessários para o funcionamento do abatedouro serão adquiridos pela Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).
 
Pecuaristas animados com a notícia da conclusão do frigorífico regional
 
Pecuaristas Antônio Marcos Zanoni, Paulo Aguiar e Dário Trigo.
 
O abatedouro que atualmente é referência para a região do Caparaó encontra-se a mais de 80 quilômetros, em Cachoeiro de Itapemirim. “Esse é um fator que dificulta o desenvolvimento da pecuária em Guaçuí e faz com que muitos desistam da atividade, especialmente os pequenos produtores, devido ao custo maior e à demora em todo o processo de abate, que inclui um longo trecho de estrada a ser percorrido”, afirma o pecuarista Antônio Marcos Zanoni. Ele esteve na reunião realizada nesta sexta.
 
Paulo Aguiar também ficou animado com a notícia da conclusão do frigorífico no município. “É o que tem que ser feito com total urgência. Tenho esperança e expectativa de ver essa obra concluída e o abatedouro em operação”, comentou.
 
“Essa obra vai impulsionar e fomentar o desenvolvimento da região e, principalmente, de Guaçuí. Vai ajudar de maneira especial o pequeno produtor, pois para ele os custos do transporte e do abate fora do município pesam mais. Será um grande incentivo para o crescimento da atividade. A conclusão do abatedouro será marcante na administração municipal”, destacou o pecuarista Dário Trigo.
 

Fotos

Obra da Unidade Frigorífica Regional Sul será retomada neste ano

https://guacui.es.gov.br/noticia/2017/05/obra-da-unidade-frigorifica-regional-sul-sera-retomada-neste-ano-jhtmx.html

Publicações relacionadas

Aguarde, enviando dados!

clear

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

aceitarpolítica de privacidade